Projeto altera carga horária de profissionais da saúde

Prefeitura alega necessidade de otimizar serviços nas áreas de saúde e desenvolvimento social; quadro de pessoal será ampliado

Publicado em: 14 de março de 2018

Projeto de Lei Complementar (PLC) que dispõe sobre a alteração da jornada de trabalho e aumento de vagas de empregos públicos efetivos no quadro de pessoal da Prefeitura foi aprovado por unanimidade como objeto de deliberação nesta segunda-feira (12).

 

De acordo com a proposta, diversas especialidades da área de saúde terão a carga horária ampliada para 30 horas, como serviço social, psicologia organizacional e clínica, nutrição, farmácia e bioquímica e fisioterapia – enfermagem terá jornada semanal de 40 horas. De acordo com ofício assinado pelo prefeito Zequinha Rici (MDB), a alteração é necessária em razão da otimização dos serviços oferecidos pelo município, principalmente nas áreas de saúde e serviço social. O servidor que optar por não aumentar sua jornada de trabalho poderá solicitar sua redução até o limite de 20 horas semanais. A remuneração será equivalente á jornada trabalhada.

 

A Prefeitura pleiteia ainda o acréscimo de uma vaga do emprego público permanente de procurador jurídico e 13 para agente comunitário de saúde, necessárias para a implantação do programa Saúde da Família no posto de saúde da Nova Barra.


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email