Ordem do Dia

Publicado em: 30 de maio de 2018

Pela Ordem do Dia, a Câmara Municipal manteve veto de autoria do Poder Executivo ao Projeto de Lei 39/2017, de autoria dos vereadores Marcos Gava (PR) e Gervásio Aristides da Silva (PP), que institui o programa empresa fácil e cria a licença de funcionamento provisória em Barra Bonita. A Prefeitura alega que a matéria já está devidamente disciplinada no município por meio de lei complementar

 

Votaram a favor do veto Adriano Testa (PROS), Sandro Alponte (PROS), Claudecir Paschoal (MDB), Joãozinho do Hospital (PPS), Fantin (PTB) e Maicon D'água (PRP).

 

Foram contrários à medida Aline Castro (PEN), Marquinhos Gava (PR), Dr. Edson (PSDB), Gervásio Aristides da Silva (PP) e Lelo Lodi (PP). Lucas Antunes (PSC) se absteve e não votou.

 

Os parlamentares também aprovaram de forma definitiva o Projeto de Lei 04/2018-L, de autoria de Gava, que dispõe sobre a criação de agentes ambientais voluntários na cidade. 

 

 


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email