Câmara recebe informações sobre CVT e pagamento de contas

Claudecir Paschoal questionou cursos oferecidos pelo órgão e convênios para o pagamento de IPTU, água e energia elétrica

Publicado em: 15 de agosto de 2018

Em resposta a Requerimento apresentado pelo vereador Claudecir Paschoal (MDB) durante sessão ordinária realizada em 25 de junho, o diretor do departamento de Formação Profissional Mário César Cunha afirma que o Centro de Vocação Tecnológica (CVT), ligado à pasta, oferece atualmente o curso de assistente administrativo. São 60 alunos matriculados regularmente (30 de manhã e 30 à tarde) cuja seleção foi realizada por ordem de chegada conforme determinação da secretaria estadual do Emprego e Relações do Trabalho, responsável pelo curso.

Ainda de acordo com a nota, está sendo providenciada licitação para a contratação de novos cursos profissionalizantes.

O CVT possui quatro funcionários: diretor, com salário-base de R$ 4.922,43, dois assessores (R$ 3.023,78) e uma zeladora (R$ 893,57). Os recursos que o mantém são oriundos do tesouro municipal e o investimento mensal aplicado é basicamente o necessário para custear os salários dos funcionários e a manutenção habitual do prédio.

Na mesma sessão, o parlamentar apresentou Requerimento solicitando informações do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) e da própria Prefeitura sobre o recebimento de contas. Na época, Paschoal alegou que bancos recebiam contas apenas de clientes - lei municipal proíbe distinção entre clientes e não clientes.  

O SAAE informou que mantém convênio com a Caixa e o Banco do Brasil para pagamento de contas individuais no caixa eletrônico até R$ 2 mil – o primeiro disponibiliza como alternativa as casas lotéricas situadas nas ruas Salvador de Toledo, Major Pompeu e Rio Branco, e o segundo oferece como opção os Correios. A autarquia explica ainda que por motivos de segurança não recebe contas de consumo em sua sede, exceção feita a órgãos governamentais.  

A Prefeitura informa que foram firmados convênios para recebimentos de tributos municipais (como o IPTU) o Banco do Brasil e a Caixa. No Banco do Brasil o recebimento é feito no correspondente bancário (Correios), internet banking e terminais de autoatendimento. Na Caixa, nos guichês da agência, correspondentes bancários (lotéricas), internet banking e terminais de autoatendimento.

A CPFL ainda não respondeu as solicitações do parlamentar.


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email