Projeto estipula gratificação a policiais civis

Categoria trabalhará em horário de folga através da atividade delegada

Publicado em: 28 de novembro de 2018

A Câmara Municipal aprovou nesta segunda-feira (26) por unanimidade como objeto de deliberação o Projeto de Lei (PL) 26/2018, que cria a gratificação por desempenho de atividade delegada. A remuneração será paga aos integrantes da Polícia Civil que exercem atividades de competência do município. O texto autoriza ainda o Poder Executivo a celebrar convênio com o governo do Estado para esse fim.

 

Os valores da gratificação serão de 1,4 (um inteiro e quadro décimos) de Ufesp por hora trabalhada para os delegados, 1,2 aos escrivães e 1 inteiro aos demais policiais civis. A quantidade máxima de horas trabalhadas para fins de recebimento da gratificação por desempenho de atividade delegada será fixada por intermédio de plano de trabalho, respeitadas as disponibilidades orçamentárias e financeiras verificadas no momento de sua elaboração.

 

Autor de projeto semelhante em 2013, o vereador Edson Souza de Jesus (PSDB) afirmou que irá propor emenda incluindo os investigadores no projeto. “Barra Bonita possui policiais combativos e eficientes no exercício de suas funções e acredito que a ausência dos investigadores na matéria foi apenas um erro de digitação”.

 

Para Lelo Lodi (PP), o governo municipal dá “um passo à frente” em relação ao assunto. “Segurança pública é sempre uma das prioridades de qualquer administração”.

 

Marquinhos Gava (PR) ressaltou que a questão da violência urbana era restrita a grandes centros urbanos, mas que se tornou problema rotineiro nas cidades do interior. Também favorável ao projeto,  Joãozinho do Hospital (PPS) disse, no entanto, que os policiais deveriam descansar nos horário de folga. “Tudo isso ocorre porque temos um governo incompetente e que está há 24 anos no poder. O trabalho de um policial é extremamente desgastante”.

 

Também nesta segunda-feira, a Câmara aprovou em primeira discussão e votação o PL que cria a gratificação por desempenho de atividade delegada aos policiais militares.


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email