SP-255: Via Moção de Apelo, vereadores pedem à concessionária estudo para implantação do Ponto a Ponto

Parlamentares pretendem se reunir em breve com representantes da Arteris/Via Paulista

Publicado em: 06 de fevereiro de 2019

Responsável pela concessão da rodovia SP-255, a Arteris/Via Paulista receberá em breve cópia da Moção de Apelo apresentada pelos vereadores Niles Zambelo Jr. (MDB) e Marquinhos Gava (PR) na sessão ordinária realizada na última segunda-feira (04). A matéria solicita estudos para implantação do sistema Ponto a Ponto ou da tarifa diferenciada no trecho ente Barra Bonita e Jaú - as medidas estão previstas em contrato.

 

Reunião entre os parlamentares e representantes da empresa deverá ocorrer até o final do mês. Na oportunidade, serão apresentados dados da consulta pública realizada no ano passado pelo Poder Legislativo sobre a rodovia (abaixo) e solicitado o desconto no valor do pedágio.

 

“O Ponto a Ponto registra apenas o trecho percorrido pelos veículos e a tarifa atual é calculada a partir de uma distância de 37 quilômetros, intervalo entre as praças de pedágio de São Manuel e Barra Bonita. Porém, quem sai da cidade e vai até Jaú percorre 20 quilômetros", explica Niles. "Os modelos estão previstos em contrato, mas é preciso ter paciência, pois isso demanda estudos, que levam tempo. E a concessionária não ficará no prejuízo, uma vez que a concessão poderá ser prorrogada". 

 

Ainda de acordo com Niles, a tarifa diferenciada para os veículos licenciados em Barra Bonita é alternativa uma vez que, dependendo do número de veículos que passam pelo pedágio, a instalação de toda a estrutura que envolve o Ponto a Ponto ficaria inviável. 

 

Durante seu pronunciamento na tribuna, Gava criticou o oportunismo político daqueles que anunciaram a duplicação sem a cobrança de pedágio e o modelo de licitação para a concessão proposto pelo Estado, realizado mediante outorga e não pela menor tarifa. “O governo arrecadou mais de um bilhão de reais e não investiu nada na região com esse dinheiro. Agora cabe a nós, vereadores, buscarmos o melhor para o cidadão barrabonitense, que é um serviço de qualidade e uma tarifa justa”.

 

Histórico

 

Entre os meses de agosto e outubro de 2018, a Câmara de Barra Bonita realizou consulta pública sobre a SP-255, mais especificamente levantamento sobre o número de veículos que trafegam com frequência entre as duas cidades. O objetivo era saber o motivo, o veículo utilizado e o número de motoristas que vão até a cidade vizinha para pleitear junto às autoridades competentes a implantação do sistema Ponto a Ponto ou a chamada tarifa diferenciada.

 

De acordo com o último levantamento, 1.365 pessoas preencheram formulário disponível desde agosto na sede e no site oficial da Câmara. Os números mostram que 90,4% dos motoristas utilizam a pista através carro/van, 60% para trabalho/passeio e 34,6% recorrem ao trajeto até quatro vezes por semana. Aqueles que utilizam a rodovia entre cinco e oito vezes por semana constituem um total de 28% e 25,9% daqueles que responderam a consulta passam pela SP-255 mais de dez vezes por semana.

 

Na última terça-feira (29/01), os vereadores Niles Zambelo Jr. e Antônio Marcos Gava Jr. estiveram em São Paulo, na Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), órgão que fiscaliza as modalidades de serviços públicos de transporte autorizados, permitidos ou concedidos à iniciativa privada, e entregaram os dados do levantamento ao diretor-geral Giovanni Pengue Filho. O mesmo documento também foi protocolizado na secretaria de Logística e Transportes e no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

 

De acordo com os parlamentares, a implantação de tais medidas reduziria o impacto financeiro provocado pelo pedágio a trabalhadores, estudantes e pacientes que se deslocam diariamente até Jaú.


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email