Prefeitura responde sobre fiscalização no São José

Câmara abriu CPI para investigar aplicação de recursos públicos no pronto-socorro da entidade

Publicado em: 15 de maio de 2019

Em resposta a Requerimento apresentado em março pelos vereadores Marquinhos Gava (PR) e Aline Castro (PEN) solicitando informações sobre fiscalização e cumprimento do convênio entre o Hospital e Maternidade São José e a Prefeitura, o secretário municipal de Saúde Nilson Antônio Ereno afirma, através de ofício, que as fiscalizações são realizadas periodicamente, com a verificação dos horários de plantões e outros itens.

 

O secretário alega ainda que, apensar do hospital manter dois médicos a cada plantão de 12 horas, existem deficiências em dois aspectos. São eles a ausência de plantão de pediatria e de clínico geral na ala de internações.

 

Pelo fato dos atendimentos às crianças serem realizados por clínicos gerais, a resolutividade do problema é baixa, havendo excessivo encaminhamento dos casos à rede pública. Para tentar sanar o problema, o município estuda junto à direção do São José a viabilidade de implantar o plantão presencial de pediatria, com jornada de 12 horas diárias.

 

Em relação ao clínico geral, Ereno explica que, quando ocorrem intercorrências em pacientes internados e, na ausência do médico responsável pela internação, os plantonistas do pronto-socorro dão suporte a esses atendimentos. Assim, em alguns dias e horários específicos, parte dos atendimentos dos plantonistas é desviado para esse serviço, aumentando o tempo de espera.

 

Diante dessa situação, a administração propôs ao hospital a divisão do plantão de clínica médica, que era de 24 horas por dia à distância, para 12 horas por dia presencial e 12 horas por dia à distância. O termo de convênio já foi acordado e o São José está em vias de contratar profissional para atuar em regime presencial.

 

A aplicação de recursos públicos na entidade foi alvo, no ano passado, da denominada CPI dos Plantões, que sugeriu uma série de medidas para melhorar o atendimento e a gestão do São José.


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email