Projeto dispõe sobre a criação de empregos púbicos

Vagas serão preenchidas através de concurso

Publicado em: 30 de outubro de 2019

Projeto de Lei Complementar (PLC) encaminhado pela Prefeitura dispõe sobre a criação de 45 empregos públicos permanentes. As vagas serão preenchidas mediante a realização de concurso para os cargos de monitor escolar (25), agente social (10) e coveiro (10).

 

A matéria foi aprovada por unanimidade como objeto de deliberação e será encaminhada para análise das Comissões Permanentes (CPs) antes de retornar ao plenário para ser votada em dois turnos.  

 

Através de ofício, o prefeito Zequinha Rici (MDB) afirma que a contratação de monitores é “essencial para o melhor atendimento aos alunos da rede municipal de ensino”. Entre suas atribuições estão: acompanhar alunos no transporte escolar, auxiliar portadores de necessidades especiais em todas as suas atividades físicas e pedagógicas e cuidar de alunos na faixa etária de zero a seis anos, orientando na construção do conhecimento e desenvolvimento de suas atividades.

 

A criação dos empregos públicos de agente social é necessária visando a implantação do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), responsável por atender famílias e pessoas em situação de risco social ou que tiveram seus direitos violados.

 

A contratação de coveiros ocorre devido a construção do novo cemitério.

 

Ainda de acordo com a proposta enviada para a Câmara, ficam acrescidas no quadro de empregos permanentes da Prefeitura quatro vagas de agente do executivo (direção veicular).


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email