Joãozinho questiona método empregado na coleta de lixo

Vereador recorda lei aprovada em 2015 que proíbe acondicionar material em vias públicas

Publicado em: 11 de fevereiro de 2020

Através de Requerimento, o vereador Joãozinho do Hospital (PPS) solicita informações da Prefeitura sobre os procedimentos adotados pelos servidores públicos em relação à limpeza urbana. O parlamentar ressalta que, apesar de lei aprovada em 2015 que prevê inúmeras regras sobre a coleta de lixo, esse tipo de material continua sendo acondicionado em sacos plásticos e depositados nas vias públicas.

 

A propositura assinada por Joãozinho questiona a administração sobre porque tal prática ainda persiste, qual o cronograma e a jornada de trabalho dos coletores e se há fiscalização em relação às lixeiras que devem ser instaladas em frente às residências. “O problema do lixo é global, mas em Barra Bonita a reclamação é generalizada”, explica.

 

Adriano Testa (PROS) lembra que já realizou o mesmo pedido através de Moção de Apelo e solicitou pessoalmente aos responsáveis o cumprimento da lei “que existe para ser cumprida”. “Lixo na rua é um transtorno e causa enorme incômodo para a população”.

 

Marquinhos Gava (PR) ressalta ainda que o município possui lei que condiciona a liberação do Habite-se ao plantio de mudas e a instalação de lixeiras em frente às residências. 

 

A Câmara deve receber as respostas em até 15 dias.


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Ass. de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email