Claudecir questiona obra paralisada no CDHU

Parlamentar alega que terreno localizado entre as ruas Laurindo Peia, Savério Salvi e Luiza Reginato Gatto está abandonado

Publicado em: 14 de outubro de 2015

A situação de terreno público localizado entre as Ruas Laurindo Peia, Savério Salvi e Luiza Reginato Gatto, no CDHU, motivou o vereador Claudecir Paschoal (PP) a apresentar requerimento durante a sessão ordinária desta segunda-feira (13). O parlamentar alega que a Prefeitura iniciou obras no local em 2.013, porém não há sinal de retomada dos trabalhos.

 

Paschoal quer saber o que seria realizado no terreno, porque a construção foi paralisada, qual o valor do investimento e quem é o responsável pelo serviço (Executivo ou empresa contratada). A Prefeitura também deverá responder sobre a falta de manutenção envolvendo a troca da iluminação e capinação do local. 

 

“Há apenas uma passagem central e pequena área com grama plantada", justifica. "É um terreno da prefeitura e quero saber quanto foi gasto até agora e porque a obra não terminou”.

 

Também através de requerimento, Claudecir Paschoal solicita informações sobre exames de hemograma e demais exames de sangue realizados na rede municipal de saúde.

 

Ele quer saber qual o prazo para o munícipe ter acesso aos exames, onde são realizados, se o serviço é terceirizado, qual o custo médio do exame e se o município encontra empecilhos para realizar os serviços. “Recebi inúmeras reclamações de pessoas que informaram que o resultado dos exames demora até três meses”, justifica.

 

 

A Prefeitura tem 15 dias para responder os dois requerimentos.

 

 

 


Publicado por: Gabriel Pizzo Ottoboni - Assessor de Comunicação, Cerimonial e Eventos

Cadastre-se e receba notícias em seu email